TRE-MA: edital em novembro

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) realizará concurso para o preenchimento imediato de 41 vagas. De acordo com César Serpa, membro da comissão da seleção, até esta sexta-feira, 31, o contrato com o Cespe/UnB deverá ser assinado. A expectativa é que o edital seja divulgado já em novembro.

Serão 28 vagas para técnico judiciário (médio), com iniciais que deverão ser de R$3.993,09, e 13 para analista (médio), de R$6.551,52. Além disso, deverá haver formação de cadastro de reserva para o cargo de engenheiro civil. Os profissionais também terão direito a benefícios, cujos valores serão definidos.

Das vagas destinadas a técnico, haverá oportunidades para a área Administrativa (23) e Programador (cinco). Já para analista, haverá oportunidades para as áreas Judiciária (quatro), Administrativa (sete) e Contabilidade (duas).

Segundo César Serpa, as provas deverão ser aplicadas no final de fevereiro. Ainda não há uma definição do conteúdo programático, mas o último concurso para esses cargos foi realizado em 2005. Na ocasião, houve provas objetivas, para todas as especialidades. Além disso, os concorrentes ao cargo de analista judiciário (todas as áreas) foram submetidos à prova discursiva. Houve ainda prova prática, somente para analista judiciário – área de apoio especializado (Biblioteconomia e Engenharia) e de técnico judiciário – área Administrativa.

Nas provas Conhecimentos Básicos foram cobrados conteúdos de Língua Portuguesa, Conhecimentos de Informática e Noções de Arquivologia, sendo esse último somente para técnico judiciário da área administrativa. Já no exame de Conhecimentos Específicos, os conteúdos variaram de acordo com o cargo pretendido pelo participante.

TRE-GO: inscrições a partir do dia 10. Até R$7.041

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), começa a receber nesta segunda-feira, dia 10, as inscrições para o seu concurso destinado a preencher inicialmente seis vagas de níveis médio e superior, sendo três para técnico e três para analista. As remunerações podem chegar a R$4.482,72 e R$7.041,24, respectivamente. Ainda será formado cadastro de reserva, que poderá ser utilizado no prazo de validade da seleção, de até quatro anos.

Os interessados poderão se inscrever até 2 de dezembro, no site do organizador, o Cespe/UnB, mediante preenchimento de formulário online e impressão de boleto, no valor de R$40 para técnicos ou R$65 para analistas. A taxa poderá ser paga em qualquer agência bancária, lotérica ou Correios, até 5 de dezembro, através da Guia de Recolhimento da União (GRU), disponível no site do Cespe/UnB.

Poderão solicitar a isenção da taxa aqueles que estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e que tenham baixa renda. No período entre 10 e 12 de novembro, o candidato deverá acessar o site do organizador, preencher requerimento contendo o Número de Identificação Social (NIS) e declarar que não possuem condições financeiras para quitar a despesa. Os contratados contam com plano de saúde e vale-alimentação no valor de R$489,72.

Serviço
Inscrições: www.cespe.unb.br

TRE-RS: organizadora contabiliza os inscritos

As provas objetivas do concurso para o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), cuja oferta é de sete vagas para técnico (médio) e 18 para analista (superior), estão confirmadas para o dia 14 de dezembro, em Porto Alegre, de acordo com a Assessoria de Comunicação da Consulplan, organizadora. Enquanto os concorrentes a analista realizarão o exame no turno da manhã, os candidatos a técnico o farão à tarde. A duração da etapa será de quatro horas. Já o número de inscritos deverá ser divulgado nos próximos dias.

A partir do dia 8 de dezembro, o participante poderá retirar, no site da Consulplan, o cartão de confirmação de inscrição, que conterá dia, local e horário de prova. Caso o documento contenha algum erro ou a inscrição esteja inválida, será necessário entrar em contato com a Central de Atendimento da organizadora, até 12 de dezembro, das 9h às 17h. Vale frisar que incorreções relativas ao nome, identidade ou data de nascimento deverão ser informadas apenas no dia e sala da avaliação.

As provas, que cobrarão Conhecimentos Gerais e Específicos, constarão de 70 questões, para técnico, e 80, para analista. Em Conhecimentos Gerais, poderão cair perguntas de Português, Noções de Informática, Regimento Interno e Normas aplicáveis aos servidores públicos federais. Já em Conhecimentos Específicos, as questões irão variar de acordo com a especialidade concorrida.

Para ser aprovado, será necessário acertar, no mínimo, 50% das questões de Conhecimentos Gerais e de Conhecimentos Específicos, além de obter aproveitamento de, pelo menos, 60% dos pontos da prova.

Serviço:
Cartões de confirmação de inscrição: www.consunplan.net

TRE-MG: edital para técnico sai até quinta-feira, dia 6

É grande a expectativa pelo concurso para o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). De acordo com a diretora da Secretaria de Gestão de Pessoas, Thaís Mafra, está mantida para esta quinta-feira, dia 6, a divulgação do edital com as regras da seleção. Serão oferecidas inicialmente 100 vagas de técnico judiciário, para os níveis médio ou médio/técnico, com remuneração inicial de R$3.711,74.

As oportunidades serão distribuídas pela capital, nas especialidades de programação de sistemas (11 vagas), contabilidade (10) e enfermagem (1); e interior, que dispõe de 78 vagas na área administrativa.

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/UnB) foi escolhido para organizar o concurso. De acordo com o cronograma previsto inicialmente, as inscrições ocorrerão ainda este ano, enquanto as provas estão programadas para fevereiro de 2009.

Além das vagas iniciais, há possibilidade de mais aprovados serem convocados durante o prazo de validade do concurso, pois o órgão tem a tradição de chamar um grande número de candidatos. A prova disso é que, na última seleção, foram oferecidas 21 vagas para técnico judiciário e até o fim da validade do concurso, todos os 480 classificados foram nomeados.

O último concurso para técnico judidiário na área administrativa foi realizado em 2001, pela Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc). Foram oferecidas 21 vagas, com vencimentos iniciais de R$738,62, para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Os participantes realizaram prova objetiva, composta por 60 questões, distribuídas pelas disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Constitucional, Eleitoral e Informática. Os concorrentes realizaram ainda exame discursivo, consistindo na elaboração de um texto.

TRE-MA: edital em novembro

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) realizará concurso para o preenchimento imediato de 41 vagas. De acordo com César Serpa, membro da comissão da seleção, até esta sexta-feira, 31, o contrato com o Cespe/UnB deverá ser assinado. A expectativa é que o edital seja divulgado já em novembro.

Serão 28 vagas para técnico judiciário (médio), com iniciais que deverão ser de R$3.993,09, e 13 para analista (médio), de R$6.551,52. Além disso, deverá haver formação de cadastro de reserva para o cargo de engenheiro civil. Os profissionais também terão direito a benefícios, cujos valores serão definidos.

Das vagas destinadas a técnico, haverá oportunidades para a área Administrativa (23) e Programador (cinco). Já para analista, haverá oportunidades para as áreas Judiciária (quatro), Administrativa (sete) e Contabilidade (duas).

Segundo César Serpa, as provas deverão ser aplicadas no final de fevereiro. Ainda não há uma definição do conteúdo programático, mas o último concurso para esses cargos foi realizado em 2005. Na ocasião, houve provas objetivas, para todas as especialidades. Além disso, os concorrentes ao cargo de analista judiciário (todas as áreas) foram submetidos à prova discursiva. Houve ainda prova prática, somente para analista judiciário – área de apoio especializado (Biblioteconomia e Engenharia) e de técnico judiciário – área Administrativa.

Nas provas Conhecimentos Básicos foram cobrados conteúdos de Língua Portuguesa, Conhecimentos de Informática e Noções de Arquivologia, sendo esse último somente para técnico judiciário da área administrativa. Já no exame de Conhecimentos Específicos, os conteúdos variaram de acordo com o cargo pretendido pelo participante.

TRE-SC: Confira o resultado e o gabarito oficial do concurso de 2008

Assim que o resultado e o gabarito oficial for disponibilizado no site da consulplan estaremos disponibilizando aqui no blog para ajudar os candidatos!

Fiquem de olho !

TRE-MG: organizador do concurso é o Cespe/UnB

Boa notícia para os candidatos que aguardam ansiosos pelo concurso do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG): o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/UnB) foi oficialmente divulgado, através da publicação no Diário Oficial da União da última sexta-feira, dia 10, como organizador da seleção.

A seleção visa ao preenchimento de 100 vagas no cargo de técnico judiciário, com exigência de níveis médio e médio/técnico, e inicial de R$3.711,74. De acordo com o cronograma previsto inicialmente, as inscrições ocorrerão ainda este ano, já as provas estão programadas para fevereiro de 2009.

As oportunidades serão distribuídas na capital, com oferta nas especialidades de programação de sistemas (11 vagas), contabilidade (10) e enfermagem (1); e o interior, com 78 vagas para a área administrativa. Além das vagas iniciais, a boa notícia é que há possibilidade de mais aprovados serem convocados durante o prazo de validade do concurso, pois o órgão tem a tradição de chamar um grande número de candidatos. A prova disso é que, na última seleção, foram oferecidas 21 vagas para técnico judiciário e até o fim da validade do concurso, todos os 480 classificados foram nomeados.

O último concurso para técnico j na área administrativa foi realizado em 2001, pela Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc). Foram21 vagas, com vencimentos iniciais de R$738,62, para jornada de trabalho de 40 horas.

Os participantes realizaram prova objetiva, composta por 60 questões, distribuídas pelas disciplinas de Português, Noções de Direito Administrativo, Constitucional, Eleitoral e Informática. Os concorrentes realizaram ainda exame discursivo, consistindo na elaboração de um texto.